Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/2445/41963
Title: Gestao publica e a competitividade de cidades turisticas: a experiéncia da cidade do Salvador, A
Author: Aquino de Queiroz, Lúcia Maria
Director: Silva, Sylvio C. Bandeira de Mello e (Sylvio Carlos Bandeira de Mello)
López i Palomeque, Francesc
Keywords: Desenvolupament urbano-turístic
Desenvolupament local - Salvador (BA)
Competititivat
Salvador (BA)
Turisme
Polítiques públiques
Issue Date: 30-Nov-2005
Publisher: Universitat de Barcelona
Abstract: [por] Esta tese tem por objeto de estudo a gestão pública e a competitividade de cidades turísticas, à luz da experiência da capital do estado da Bahia, Salvador. Tomando-se esta cidade como referencial, procurou-se compreender a importância da gestão pública no alcance da competitividade turística dos centros urbanos, com vistas ao desenvolvimento local, centrando-se na análise de duas temáticas de extrema relevância para o estudo do turismo contemporâneo: o papel do Estado na atividade turística e a busca da competitividade pelos centros urbanos e turísticos. A análise teórica foi realizada com base nos estudos sobre a questão urbana, a competitividade, o desenvolvimento local e o turismo e nos modelos de desenvolvimento turístico, com destaque para aqueles que abordam esse fenômeno nos centros urbanos, investigando-se, inclusive, os adotados em cidades brasileiras selecionadas - Rio de Janeiro e Fortaleza. Com isso, foram evidenciadas as políticas públicas como um dos elementos centrais da competitividade das cidades turísticas. Por meio de uma ampla pesquisa envolvendo levantamento de informações documentais e entrevista direta, pôde-se reconstituir a evolução do Sistema Institucional Público do Turismo Baiano e confirmar a importância por este alcançada para o Sistema Turístico Estadual, desde a sua fase de implantação, na década de 1930, até os dias atuais. Essa reconstituição permitiu observar que o turismo de Salvador, dotado de um modelo centralizador e autoritário, comandado pelo poder público estadual, expandiu-se. Tal expansão, entretanto, ocorreu de forma concentrada, acompanhando o movimento da renda local, ocupando as "bordas" da cidade e contribuindo para agravar o quadro de desequilíbrios sócio-espaciais vigente. Os desafios que se apresentam hoje para que Salvador alcance uma maior competitividade turística são inúmeros e não dependem apenas da forma de gestão, embora isso em muito possa contribuir com esse processo. Pesquisa efetuada com atores do turismo local permitiu confirmar a importância da gestão pública no desempenho do turismo de Salvador e, ao mesmo tempo, reafirmou a necessidade de mudança na gestão turística para o alcance de uma maior competitividade. A gestão do turismo de Salvador é vista aqui como um mecanismo capaz de potencializar as vantagens comparativas desta cidade, transformando-as em vantagens competitivas, a partir de um profundo conhecimento da realidade local, incorporando o território e os atores locais excluídos, totalmente ou parcialmente, dos modelos até então vigentes. Respeitando e compreendendo o processo histórico de desenvolvimento turístico desta localidade, bem como as carências e conflitos existentes no seu território, percebe-se que o fortalecimento do seu turismo não poderá prescindir da ação do Estado. Propõe-se, então, a participação de um Estado fomentador, disciplinador e condutor de um processo em parceria com outros agentes, como a municipalidade, a iniciativa privada e o terceiro setor. Essa nova forma de gestão poderá contribuir para qualificar Salvador, valorizando os recursos existentes e tornando-a atrativa para a recepção de novos fluxos de pessoas e capitais, reforçando, assim, os patamares de competitividade a serem alcançados.
[eng] The subject of this thesis is the public management and competitiveness of tourist cities as illustrated by Salvador, the capital of Bahia. Through wide research comprising documented information and direct interviews, it is possible to reconstruct the evolution of the Public Institutional System of Bahian Tourism and confirm its importance for the State Tourist System from its inception in the 1930s until the present. This reconstruction allows one to observe that tourism in Salvador, which has a centralized and authoritarian model controlled by public state power, has expanded. Such expansion, however, has occurred in a concentrated form, following the movement of local income, occupying the peripheries of the city, and further aggravating the current socio-spatial imbalance. The challenges that face Salvador's reaching greater touristic competitiveness are numerous, and they do not depend solely on the form of management, although this could contribute to the process. Research conducted with local tourist agents made it possible to confirm the importance of public management in the performance of tourism in Salvador, and at the same time reaffirmed the necessity of changes in tourist management in order to achieve more competitiveness. Tourist management in Salvador is seen here as a mechanism able to maximize the comparative advantages of this city, transforming them into competitive advantages, stemming from a deep understanding of local reality and incorporating the territory and local tourist agents that have been excluded, in whole or in part, from previous models. It is proposed that the State participate as motivator, regulator, and conductor of the process, in partnership with other agents such as the municipality, the private sector, and the third sector. This new form of management could contribute to the qualification of Salvador, making the most of existing resources and making the city more attractive in order to receive new flows of people and capital, thereby reinforcing the upper echelons of competitiveness to be reached.
URI: http://hdl.handle.net/2445/41963
ISBN: 8468958875
Appears in Collections:Tesis Doctorals - Departament - Geografia Física i Anàlisi Geogràfica Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
0.PREVIO.pdf224.83 kBAdobe PDFView/Open
1.INTRODUCAO.pdf151.23 kBAdobe PDFView/Open
2.CAP1.pdf521.58 kBAdobe PDFView/Open
3.CAP2.pdf559.09 kBAdobe PDFView/Open
4.CAP3.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open
5.CAP4.pdf518.42 kBAdobe PDFView/Open
6.CAP5.pdf429.28 kBAdobe PDFView/Open
7.CAP6.pdf804.38 kBAdobe PDFView/Open
8.CONSIDERACOES_FINAIS.pdf131.92 kBAdobe PDFView/Open
9.REFERENCIAS_BIBLIOGRAFICAS.pdf173.59 kBAdobe PDFView/Open
10.ANEXOS.pdf54.97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.